Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





terça-feira, 2 de junho de 2015

0 PF indicia ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira por quatro crimes

Indiciamento por falsidade ideológica, falsificação de documento público, lavagem e evasão de divisas aconteceu antes do escândalo na Fifa.


Polícia Federal indiciou o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira por falsidade ideológica, falsificação de documento público, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O indiciamento foi em janeiro. Portanto, antes das prisões da semana passada na Suíça. Segundo a polícia, Teixeira comprou um apartamento no Rio de Janeiro por R$ 2 milhões e fez o registro por R$ 720 mil.
O relatório afirma também que Teixeira e dois cúmplices simularam  compra e venda de ações para lavar R$ 44 milhões. Um dos cúmplices seria o ex-presidente do Barcelona Alexandre Sandro Rosell, também indiciado.
Além disso, a Polícia Federal registrou que Ricardo Teixeira movimentou R$ 465 milhões entre 2009 e 2012, movimentação considerada atípica pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras do Ministério da Fazenda.
O inquérito foi enviado ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro. O Jornal Nacional não conseguiu contato com os advogados do ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira nem com os representantes do ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell.

G1

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: