Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





terça-feira, 7 de abril de 2015

0 Santa Maria de Itabira - Bandidos assaltam supermercado, matam funcionário e dono também é baleado

Criminosos levaram 80 mil, e ainda são procurados por militares do 26º Batalhão
Bandidos armados assaltaram, no fim da manhã desta segunda (06) o supermercado Guerra e Bretas, no Centro em Santa Maria de Itabira. Durante a ação, balearam o dono do comércio, Francisco Alvarenga Assis, o “Chicão”, e um funcionário. Geraldo Souza Gorino, 56 anos, conhecido pelo apelido de Nonô Pantera, não resistiu aos ferimentos e morreu. 
 
Segundo testemunhas, Chicão saía do supermercado levando um malote para fazer depósito no Banco do Brasil, que fica do outro lado da rua. Ele foi surpreendido por dois assaltantes e reagiu. Houve disparos. O empresário foi atingido em uma das pernas. Nonô, que estava perto do patrão, foi atingido no peito. 
 
O funcionário chegou a ser levado para o Hospital Padre Estevam, em Santa Maria de Itabira, passou por atendimento médico, mas não resistiu. Chicão foi socorrido por familiares e encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal de Itabira. 
 
A Polícia Militar informou que os bandidos fugiram em uma moto sentido Itabira e podem ter entrado por uma estrada vicinal. Eles teriam levado R$ 80 mil. A PM faz rastreamentos e conta com ajuda de denúncias para localizar os criminosos. 

PM encontra motos usadas em latrocínio

Na noite dessa segunda-feira, Militares do Tático Móvel do 26º Batalhão da PM encontraram duas motos que teriam sido usadas no latrocínio em Santa Maria de Itabira. Os veículos estavam abandonado em uma estrada de terra que corta a região rural de São Pedro, no mesmo município onde o crime aconteceu. 

A primeira moto é uma Yamaha Fazer 250 cilindradas, de cor preta, placa GTO-2730, de Ipatinga. O veículo estava em uma trilha encontrada pelos militares em rastreamento. Os policiais também acharam uma espécie de barraca feita com lona de plástico, que possivelmente foi usada de abrigo pelos criminosos antes do latrocínio no supermercado Guerra e Bretas. 

Os policiais continuaram em rastreamento e encontraram outra motocicleta abandonada, dessa vez uma Yamaha YBR vermelha, placa HCP-5384, que também pode ter sido usada por um terceiro envolvido no crime. A suspeita é de que essa pessoa possa ter dado cobertura à dupla que executou o assalto seguido da morte de um funcionário do estabelecimento. 

As motocicletas foram apreendidas e rebocadas ao pátio credenciado. A busca pelos criminosos continua. O Serviço de Inteligência do 26° Batalhão, aliado aos investigadores da Policia Civil, fazem levantamentos e acreditam que em breve solucionarão o caso.
Com informações portal De Fato

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: