Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





quinta-feira, 2 de abril de 2015

0 Polícia desvenda assassinato de homem em frente a supermercado

Imagens de câmeras de segurança, análises de indícios criminais e relatos de testemunhas levaram a equipe do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por meio da Delegacia Especializada em Homicídios Noroeste, ao esclarecimento do assassinato de Sidnei Braz de Azevedo, de 46 anos. O homem foi vítima de latrocínio em maio do ano passado, no bairro Caiçaras, Região Noroeste de Belo Horizonte.


Lucas Damasceno Alves e Brendo Augusto de Oliveira Martins, ambos de 21 anos, além de um adolescente de 17, são apontados como responsáveis pelo crime. 

De acordo com o delegado Rodrigo Bossi, que coordenou as investigações, enquanto Brendo esperava no carro, Lucas e o adolescente entraram no supermercado para avaliar o local que pretendiam assaltar. A presença da dupla no interior da loja foi registrada por câmeras de segurança.
Ao sair do estabelecimento, Lucas abordou Sidnei, que aguardava a mulher e os filhos em frente à porta de entrada. A vítima se assustou e acabou brigando com o suspeito. Nesse momento, o adolescente disparou contra Sidnei, que foi atingido fatalmente no pescoço. Frustrada a tentativa de assalto, o trio foi embora sem levar nada. Na fuga, o carro usado no crime colidiu com outro veículo, mas, ainda sim, seguiu em disparada.

Por meio da placa desse carro, a Polícia descobriu que tratava-se de um veículo ‘clonado’. O mesmo já havia sido parado em uma blitz, sob a condução de Brendo. Na ocasião, ele foi autuado por dirigir sem habilitação e por receptação. A partir dessa identificação e de relatos de testemunhas, a Polícia conseguiu vincular o trio ao assassinato de Sidnei. 

Levantamentos indicam que Lucas e Brendo já possuem uma extensa ficha criminal. A Polícia acredita que os dois, além do adolescente, façam parte de uma quadrilha que atua na Região Leste de Belo Horizonte. Essa facção é especializada no tráfico de drogas, roubo a estabelecimentos comerciais e de veículos e, consequentemente, em homicídios.

Em dezembro do ano passado, o trio já havia sido indiciado pelo homicídio de Rafaela Cristina de Souza dos Anjos, crime ocorrido no dia 23 de julho, na Região Central da Capital. O assassinato está relacionado à cobrança de dívidas de drogas. Em razão do latrocínio de Sidnei, o delegado Rodrigo Bossi representou pela prisão preventiva de Lucas e Brendo, que já se encontram presos por motivos diversos.

PCMG

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: