Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





sexta-feira, 3 de abril de 2015

0 Lagoa Santa - Estelionatário é preso com mais de 30 CNHs falsas

Um homem foi preso na noite dessa quinta-feira (2) em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, por suspeita de estelionato. Na casa em que ele vivia, a Polícia Militar encontrou mais de 30 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) falsas, além de vários carimbos do sistema prisional e de cartórios de Minas Gerais. O suspeito ainda portava uma carteira da corporação em que se identificava como “capitão”.

De acordo com o 1º tenente Ricardo Lima, da 3ª Companhia de Missões Especiais da polícia, durante patrulhamento na região, os policiais foram informados que criminosos estavam atuando na região.

“Nos deparamos com um Audi A4 com placa de Curitiba e fomos abordar o motorista. Ele não acatou à ordem de parada e tivemos que persegui-lo por cerca de três quilômetros. Ele foi capturado no momento em que tentava guardar o veículo em sua casa”, explicou o militar.
No imóvel, localizado na rua Pinheiros, do bairro Recanto do Poeta, os policiais encontraram um Renault Fluence com chassi também de Curitiba, no Paraná, e placa de Curvelo, cidade da Grande BH. Dentro da residência foram localizados vários cartões de crédito, uma carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), uma carteira do Conselho Regional de Contabilidade e muitos demonstrativos do Exército e de pensões dos governos federal e estadual.

“Na nossa chegada percebemos que o computador do homem estava ligado. No equipamento tinha o que chamamos de 'espelho', que serve para criar documentos falsos. Durante todo o registro a ocorrência, ele se mostrou totalmente frio e tranquilo, inclusive contando como era a ação envolvendo os carros”, disse o 1º tenente.

Além do suspeito, que afirmou ter 48 anos, um outro homem que estava no imóvel, segundo a polícia de alto padrão, foi detido para prestar esclarecimentos. A Polícia Civil vai investigar a possibilidade da participação de outras pessoas no esquema.

“Ele disse que tem 48 anos, mas, diante de tanto documento falso, não se pode confiar. O suspeito será encaminhado à delegacia e a identificação correta será feita através das impressões digitais”, contou Lima.

Esquema de carros
Segundo o 1º tenente, o esquema dos veículos funcionava da seguinte forma: o suspeito passava documentos falsos para uma terceira pessoa, que era responsável por adquirir o carro em outros Estados.

“No caso do Paraná, o criminoso deslocava até uma locadora de veículos de Curitiba e, sem levantar suspeitas, alugava o automóvel. O carro era trazido para Minas e 'desfeito' com a venda das peças ou com a placa adulterada. O carro era vendido com um valor inferior ao que é encontrado no mercado”, explicou o policial.

O estelionatário e o outro suspeito foram encaminhados à Delegacia de Plantão de Vespasiano, na região metropolitana da capital mineira.



Com informações portal o tempo

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: