Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





quinta-feira, 23 de abril de 2015

0 BH - Guardas municipais podem entrar em greve no dia 5 de maio


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel) realizou uma assembleia geral dos guardas municipais na manhã desta quinta-feira (23) na sede da corporação, no centro da capital, para debater sobre a possibilidade de greve da categoria. Foi combinado que os guardas não entrarão em greve até o dia 4 de maio.

Isso porque na ocasião a prefeitura de BH deve dar um posicionamento sobre uma das principais reivindicações da categoria: o porte de arma para os agentes.

Segundo o presidente do Sindibel, Israel Arimar, os guardas municipais e a prefeitura estão em negociação desde janeiro deste ano. “Foram feitas várias cobranças em relação à reestruturação da Guarda Municipal e adequação ao estatuto nacional da corporação. Isso está sendo cumprido, já que a prefeitura firmou o compromisso de fazer a transição dos cargos de comando da Guarda para guardas de carreira. Os comandantes da Guarda hoje não são guardas municipais”, explica.

Ainda conforme Arimar, no último domingo (19), foi realizada uma prova de seleção para 300 guardas municipais. “A promessa é que até o mês de junho essas vagas sejam ocupadas por guardas de carreira”, conta.

Quanto ao armamento, ainda não houve uma resposta da prefeitura. “As negociações em relação ao armamento e porte de arma ainda não avançaram. Por isso o indicativo de greve. A prefeitura nos comunicou que na reunião do dia 4 de maio, irá apresentar propostas sobre essa demanda. Caso a resposta não seja positiva para a corporação, os guardas municipais entrarão em greve no dia 5”, diz ainda. 

A assessoria da Guarda Municipal informou que as negociações continuam e confirmou a reunião com a categoria no dia 4 de maio. 



Com informações portal o Tempo

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: