Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





terça-feira, 31 de março de 2015

0 SP: homem mata namorada e entrega cabeça em delegacia

Ele se entregou depois que o corpo da vítima, que havia sido jogado em uma viela, foi encontrado por vizinhos


Um homem de 23 anos confessou que matou e decapitou a namorada de 16, que estava grávida, na última quinta-feira, em São Paulo. Ele foi preso no sábado após levar a cabeça da jovem até uma delegacia no centro da capital, onde se entregou.



De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), José Ramos dos Santos disse aos policiais que matou Shirley Souza depois que ela contou que o havia traído com um amigo do casal. Santos, contudo, só se entregou depois que vizinhos da região de Pedreira, na zona sul de São Paulo, encontraram o corpo da jovem em uma viela. A descoberta foi feita na noite de sábado; Santos, então, pegou um ônibus e viajou até o 1º DP (Sé) carregando a cabeça da namorada envolta em um saco plástico, dentro de uma mochila.
Aos policiais, Santos disse que estava com Shirley havia cerca de um ano, e que desconfiava da traição da namorada desde o ano passado. A suspeita, no entanto, havia ficado maior após a gravidez, pois Santos acreditava que a jovem tinha engravidado em uma época em que eles estavam separados.
Ainda segundo o depoimento de Santos à polícia, na última quinta-feira ele convidou Shirley para ir à casa do irmão dele, onde costumavam se encontrar. O casal teve relações sexuais e, depois, passou a discutir sobre a possível traição. De acordo com Santos, Shirley, então, confessou que o havia traído nas vésperas do Natal e do Ano-Novo.
Quando a jovem foi tomar banho, Santos a atacou e a estrangulou. Depois, percebendo que havia matado a namorada, pegou uma faca na cozinha e cortou o pescoço da jovem até decapitá-la. Guardou a cabeça em saco plástico e enrolou o corpo, com os pés amarrados, em um edredon, mas deixou o cadáver na casa. Depois que o irmão reclamou de um mau cheiro na casa, resolveu jogar o corpo na viela.
Santos está preso temporariamente, e o caso, que foi registrado como homicídio qualificado, está sendo investigado pelo 98º DP (Jardim Miriam). O Terra não conseguiu localizar os parentes da vítima, nem o advogado de Santos.
TERRA

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: