Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





terça-feira, 31 de março de 2015

0 Servidores de BH paralisam atividades nesta terça, diz sindicato

Cerca de 800 pessoas fazem assembleia para discutir melhorias salariais.
Prefeitura diz não ter dados consolidados sobre paralisação.


Cerca de 90% dos servidores públicos de Belo Horizonte fazem paralisação na manhã desta terça-feira (31), segundo informou o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da capital mineira (Sindibel). De acordo com a entidade, a ação é conjunta com diversas categorias, entre elas, educação, fiscalização e saúde.
Google/Imagens
De acordo com o presidente do sindicato, Israel Arimar, cerca de 800 pessoas se reuniram em assembleia na Praça da Estação, na região central da capital, para discutir melhorias salariais a serem propostas ao governo municipal, durante a manhã.


Conforme detalha o sindicato, a Campanha Salarial 2015 prevê reajuste de 25% e aumento do vale-refeição para R$ 30. Mas os índices ainda serão discutidos pelos funcionários de cada categoria. A proposta deve ser entregue à prefeitura após passeata do grupo pela Avenida Afonso Pena.

Conforme informado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação, o órgão "não tem dados consolidados relativos à paralisação".
Manifestação na região central de Belo Horizonte
Segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), cerca de 200 servidores da saúde do município fechavam a Avenida João Pinheiro, em direção à Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital, em protesto. A manifestação ocorreu no início da manhã desta terça-feira (31).

De acordo com a Polícia Militar (PM), o ato faz parte da “Assembleia Conjunta dos Trabalhadores dos Serviços Públicos Municipais de BH”, movimento que discute melhorias salariais para diversas categorias.
G1


Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: