Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





terça-feira, 31 de março de 2015

0 PF desmantela grupo que falsificava cheques da CEF

A Polícia Federal desencadeou na manhã de ontem (25) uma operação para desarticular organização criminosa especializada em clonagem de cheques da Caixa Econômica Federal – CEF e de outros bancos, além de lavagem de dinheiro.
Google Imagens

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Vara Criminal Federal de São Paulo. Quatro pessoas foram presas em flagrante num laboratório de clonagem de cheques.
As investigações iniciaram há 10 meses quando policiais da área de Inteligência verificaram que 70% dos cheques falsificados emitidos pela CEF eram provenientes de São Paulo. Durante o inquérito policial foi possível cruzar dados e rastrear valores, sendo possível perceber o modo de operação do grupo.
A organização funcionava com quatro células distintas, com funções específicas como: obter contas de laranjas e cooptar pessoas que os auxiliavam fornecendo dados bancários e permitindo o uso de suas contas; obter folhas de cheque verdadeiras, em branco, provenientes de caixas eletrônicos ou de transportadoras; obter informações de clientes verdadeiros da CEF, inclusive imagens de assinaturas; colocar dados de clientes verdadeiros nas folhas de cheque; falsificar assinaturas; realizar as operações de depósitos e transferências de valores entre contas, para ocultar o produto do crime.
Os mandados foram cumpridos no Itaim Paulista, zona Leste da Capital, numa residência e no laboratório de falsificação do grupo criminoso, onde foram apreendidos computadores, impressoras, cartões de memória e folhas de cheque.
Os investigados poderão responder pelos crimes de estelionato qualificado, organização criminosa, lavagem de dinheiro e desobediência.
Polícia Federal

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: