Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

0 Coronel Fabriciano - PC desarticula esquema de clonagem e revenda ilegal de veículos roubados

Uma quadrilha que roubava e clonava veículos em Belo Horizonte e revendia em cidades da região do Vale do Aço foi desarticulada pela Polícia Civil, em Coronel Fabriciano, na última sexta-feira (9). Foram localizados e apreendidos, no município, em Timóteo e Ipatinga, 12 veículos que tinham sido clonados e revendidos ilegalmente pelo grupo. As investigações tiveram como resultado a prisão de Paulo Cândido e William Regina. O suspeito de liderar o grupo, Isac Batista, 36 anos, e outra envolvida, Márcia Helena Meireles, 29 anos, encontram-se foragidos.

O esquema foi descoberto em Coronel Fabriciano, onde os policiais apuraram uma ocorrência de compra de veículo clonado. Os levantamentos apontaram para outros onze veículos procedentes de Belo Horizonte, que estariam sendo negociados em outros municípios pelo mesmo grupo. Os automóveis eram negociados com proprietários de agências de veículos e eram emplacados na capital.
 
De acordo com o delegado responsável pela investigação, Jorge Luiz Cândido Caldeira, os veículos eram clonados após uma perícia bastante detalhada. “As clonagens eram muito bem feitas, mas conseguimos descobrir outros veículos também nas cidades de Timóteo e Ipatinga”. A partir desse rastreamento, a Polícia identificou os autores e dois dos proprietários, que tiveram seus veículos devolvidos.

Isac Batista, suspeito de ser o líder da organização criminosa, foi identificado a partir de uma das negociações em Coronel Fabriciano. Paulo de Souza Cândido, 54 anos, e William Regina de Jesus, 40 anos, foram presos e encaminhados ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp).

Com informações do Jornal do Vale do Aço

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: