Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

0 Pedro Leopoldo - Polícia Civil prende 10 e desarticula quadrilha de tráfico

A Polícia Civil (PC) desarticulou uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas de Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
 
Nesta quinta-feira (11), a corporação apresentou dez pessoas que foram presas suspeitas de integrar o grupo, incluindo Mavisson Bruno Maia Botelho, de 26 anos, apontado como o líder. O esquema, conforme a PC, era organizado e contava com sistema de telentregas para os usuários de drogas. Além de Pedro Leopoldo, o bando é suspeito de atuar em Sete Lagoas, na região Central do Estado.
 
De acordo com o delegado Daniel Buchmüller de Oliveira, da Delegacia de Pedro Leopoldo, as investigações começaram há aproximadamente seis meses a partir de uma interceptação telefônica. “Ficamos monitorando a ação da quadrilha até descobrir que o Mavisson era o fornecedor da droga. Ele trazia o peso (droga) e os traficantes intermediários faziam a dolagem (embalagem para venda)”, explicou. 
 
O chefe
O suspeito de ser o chefe da quadrilha foi o primeiro a ser preso pela polícia, em setembro deste ano. “Chegamos em uma viatura descaraterizada, mas o Mavisson percebeu que se trava de policiais. Imediatamente ele começou a tirar contra a viatura”, afirmou. Em seguida, o suspeito, que estava na companhia de um comparsa, fugiu para um matagal. Os policiais cercaram a região e, após mais de cinco horas, a dupla foi presa. Com eles, foram encontrados 4,5 kg de maconha e uma pistola calibre 9 milímetros usada no confronto. A prisão de Mavisson foi executada com o apoio dos policiais civis de Vespasiano, Matozinhos, Confins, além de Pedro Leopoldo, responsáveis pela operação. 
 
De acordo com o delegado, Mavisson era antigo conhecido da polícia. O suspeito já tinha passagens por tráfico de drogas e por um homicídio. “Ele era o traficante mais procurado da nossa região. Ele andava com um 'radinho' que pegava a frequência da PM e, assim, conseguia fugir das blitzes. É um cara perigoso”.
 
Prisões
“Com a detenção do chefe da quadrilha, os demais integrantes ficaram enfraquecidos e foi uma questão de tempo até prendê-los”, disse Oliveira. 
 
Três mulheres, incluindo a esposa de Mavisson, e sete homens foram presos. Eles estão em presídios de Belo Horizonte, Contagem e Pedro Leopoldo. O grupo é suspeito de tráfico de drogas e associação para o tráfico.
 
As investigações sobre o caso continuam, pois ainda faltam quatro mandados de prisão para serem cumpridos.
 
Com informações jornal Hoje em dia

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: