Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





terça-feira, 2 de dezembro de 2014

0 Operação contra tráfico da PF em MG e mais 06 estados

A Polícia Federal (PF) realiza uma operação desde as 5h desta terça-feira (2) para combater o crime de tráfico internacional de drogas no Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais,  Rondônia e Mato Grosso do Sul. 

Droga normalmente era enviada camuflada em cargas de madeira de casas pre-fabricadas (Foto: Divulgação / PF)

Ao todo, devem ser cumpridos 13 mandados de prisão e 16 de condução coercitiva – quando os investigados são levados para a delegacia para prestar depoimento. Conforme a PF, a quadrilha trazia cocaína do Peru e da Bolívia e depois encaminhava para a Europa. Os pagamentos eram feitos em dólares e euros e tinham a participação de casas de câmbio nas negociações. Até as 8h20, pelo menos dois mandados tinham sido cumpridos em Londrina. Um helicóptero e um avião também tinham sido apreendidos até este horário.

As cidades onde os mandados estão sendo cumpridos são : Londrina (PR), Umuarama (PR), Altônia (PR), Cruzeiro do Oeste (PR), Maria Helena (PR), Amambaí (MS), Porto Murtinho (MS), Aral Moreira (MS), São Paulo, Itaúba (MT), Nova Santa Helena (MT), Colíder (MT), Nova Canaã do Norte (MT), Alta Floresta (MT), Ariquemes (RO) e Rio Acima (MG).

Além do helicóptero e do avião, também devem ser apreendidos durante a operação 37 veículos, dois barcos e outra aeronave. A Justiça também determinou o bloqueio de bens de sete  fazendas, quatro sítios, cinco apartamentos, 16 terrenos urbanos, nove casas e dois prédios comerciais. Conforme a PF, os imóveis estão avaliados em mais de R$ 60 milhões. As contas bancárias de 17 pessoas também foram bloqueadas.

Ainda de acordo com a PF, as investigações são realizadas desde fevereiro deste ano e tiveram início quando uma pecuarista de Umuarama, no noroeste do Paraná, foi identificada ao receber um grande carregamento de cocaína. A droga chegava camuflada em cargas de madeira de casas pré-fabricadas. Entre os crimes cometidos pela quadrilha estão narcotráfico e lavagem de dinheiro. A Operação foi batizada de "Denarius", que significa dinheiro em latim. No total, 180 policiais e 10 autores da Receita Federal participam da operação.

Com informações G1

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: