Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





sexta-feira, 10 de outubro de 2014

0 Operação da PM e PF prende de tráfico de drogas

 
Operação das polícias Federal e Militar prendeu 11 pessoas em Belo Hrizonte, na manhã desta quinta-feira (9), por suspeita de envolvimento no tráfico interestadual de drogas. De acordo com a Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais, 18 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão temporária foram expedidos pela Justiça mineira. Três veículos de luxo, avaliados em cerca de R$ 250 mil, foram apreendidos.

De acordo com a investigação, iniciada em outubro de 2013, a organização criminosa comandava o tráfico de drogas na região Oeste de Belo Horizonte, com atuação também no Centro da cidade. A droga era adquirida em Mato Grosso do Sul e no Paraná e era trocada por automóveis ou por meio de depósitos bancários em nome de "laranjas".

A Polícia Federal (PF) afirma ter identificado R$ 1,35 milhão em transferências para contas nestes estados, entre outubro de 2012 e fevereiro de 2014. Um dos "laranjas" usados para a compra da droga era uma criança de três anos, filho do líder do bando, conforme revelou a apuração do caso. Este já tinha antecedentes por homicídio, tráfico de drogas e estava em prisão domiciliar.

A ação foi batizada de “Operação Oeste” e contou com 120 policiais. Dentre as prisões, duas ocorreram em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e posse de drogas. Além dos carros, foram apreendidos cerca de R$ 65 mil em dinheiro, três motocicletas, um revólver, 80 pinos de cocaína e quatro máquinas caça-níqueis foram apreendidos.

Os 17 integrantes da quadrilha foram indiciados e vão responder por tráfico interestadual de drogas, associação para o tráfico, organização criminosa. Ainda segundo a PF, alguns ainda responderão por posse de arma de fogo e lavagem de dinheiro.

Plantão com agencia G1

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: