Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





segunda-feira, 30 de junho de 2014

0 Segundo módulo da Delegacia Virtual começa a funcionar nesta segunda-feira

Sistema também está disponível para o registro de perda e extravio de documentos sem precisar aguardar a chegada da Polícia Militar de Minas Gerais

A partir desta segunda-feira (30/06), entra em funcionamento o segundo módulo da Delegacia Virtual da Polícia Civil de Minas Gerais. A partir de agora, os cidadãos podem fazer também pela internet o registro de perda e extravio de documentos (CPF, identidade, título de eleitor, carteira de trabalho etc.) e de objetos pessoais (celular, relógio, equipamento eletrônico, animal, equipamento de trabalho, equipamento de comunicação etc.), sem precisar comparecer à delegacia ou aguardar a chegada da Polícia Militar para a elaboração do boletim de ocorrência.
O novo serviço integra o sistema da Delegacia Virtual, que até o final do ano permitirá o registro online de mais outros dois tipos de ocorrência. As ocorrências poderão ser registradas por cidadãos maiores de 18 anos, que deverão informar os documentos pessoais, e também por estrangeiros maiores de 18 anos, que deverão fornecer o número do passaporte ou do Registro Nacional de Estrangeiros (RNE).
A Delegacia Virtual já está em funcionamento desde o dia 30 de abril deste ano para o registro de acidentes de trânsito sem vítimas. Até o dia 18/06, esse módulo já havia registrado um total de 3.838 ocorrências em todo o Estado. Deste total, 1.478 foram registradas em Belo Horizonte. As ocorrências nas modalidades já disponíveis podem ser registradas por meio do endereço www.delegaciavirtual.sids.mg.gov.br.
Registro de ocorrências
O registro de ocorrências na Delegacia Virtual é feito por meio do preenchimento de formulários que são apresentados gradativamente na tela. Após o envio dos dados ao sistema, a ocorrência passa por uma triagem. Em até 15 minutos, é emitida uma mensagem, informando o número do Registro de Evento de Defesa Social (Reds), bem como a forma de acessá-lo no site do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids) para impressão. O documento pode ser usado para o acionamento de seguradoras, no caso dos acidentes sem vítimas, bem como, a partir de agora, para comprovação de extravio de documentos, entre outros fins.
Uma equipe de 16 profissionais, entre policiais e analistas, trabalha em esquema de plantão, na sede da Superintendência de Informações e Inteligência Policial (SIIP), atuando 24 horas na triagem dos registros recebidos e também para tirar dúvidas dos cidadãos pelo telefone, que é divulgado na tela.
Ampliação dos serviços
O cronograma de ampliação dos serviços da Delegacia Virtual prevê o seguinte:
- 30/08 – Funcionará para registro de desaparecimento de pessoas e para registro de pessoas localizadas.
- 30/10 – Funcionará para registro de danos simples.
Reforço na segurança
Os benefícios da Delegacia Virtual não se limitam à população. O Estado também ganha com a iniciativa. Além de combater a subnotificação de registros, o serviço resulta em economia de insumos, energia e de materiais que são utilizados nas delegacias quando o registro é feito pessoalmente.
A superintendente adjunta Yukari Miyata destaca que os procedimentos da Delegacia Virtual vão liberar policiais militares para policiamento ostensivo e os civis para produção de inquéritos, investigação e atendimento de registros de maior urgência.

com informações Agencia Minas

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: