Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





sexta-feira, 4 de abril de 2014

0 MG - meta do Estado é colocar 7,8 mil na cadeia nos próximos meses

Mandar para a cadeia, em até três meses, de 5 a 6 mil criminosos reincidentes que estão nas ruas de Minas. A meta, audaciosa, é do secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, que lançou ontem, ao lado do governador Antonio Anastasia, o Pacto contra a Impunidade.

O projeto, uma inte-gração com as polícias Civil e Militar, Ministério Público e Poder Judiciário, busca reduzir a impunidade de bandidos que matam, roubam e furtam repetidamente. O planejamento das ações, que visa a garantir a prisão dos suspeitos, ficará a cargo de cada comandante de região da Polícia Militar e chefes de Departamento de Polícia Civil.

No curto prazo, o objetivo é efetuar prisões cautelares (preventivas ou temporárias) de pelo menos 76,7% dos 7.818 suspeitos-alvos. “Estamos trabalhando numa lógica de realizar de 5 a 6 mil prisões em dois a três meses. Embora estejamos com um déficit de vagas muito grande, a meta está dentro do rodízio que o sistema apresenta”, garantiu o secretário.

Para o coordenador do Centro de Pesquisa e Segurança Pública da PUC Minas, Luiz Flávio Sapori, a medida é boa, mas enfrenta desafios. “A falta de vagas é um problema grave. Não temos 5 ou 6 mil lugares para abrigar a meta que o secretário está expondo”, avaliou. Atualmente, 50.640 detentos estão encarcerados nas 143 unidades que deveriam abrigar, no máximo, 31.529 presos. A superlotação do sistema carcerário em Minas é de 60%.

O banco de dados de reincidentes foi produzido pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) com base na avaliação dos Registros de Eventos de Defesa Social e nas conduções feitas pela PM entre os anos de 2011 e 2013. 

Plantão com Portal HD

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: