Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





quinta-feira, 10 de abril de 2014

0 Contagem - Presa quadrilha que matou seis e "aterrorizava" população

Quadrilha ainda é suspeita de usar adolescentes para atrair as vítimas aos locais do crime
 
 
Quatro integrantes de grupo criminoso que "aterrorizava" Contagem, na Grande BH, foram presos e apresentados pela Polícia Civil (PC) nesta quarta-feira (9). O grupo é suspeito de praticar seis homicídios, tráfico de drogas e roubo de veículos.
 
Daniel Rodrigues Viana, de 22 anos, André Alves Silva, de 28, Fábio Justino Guimarães, de 29, e Hudson de Castro Oliveira, de 31, foram detidos preventivamente pelo assassinato de Reinaldo da Silva Almeida, de 24 anos, e ainda estão sendo investigados por outros cinco homicídios.
 
Segundo as investigações, o chefe da quadrilha era Guimarães, que  já havia sido condenado pela morte de Juliano Vieira Batista, assassinado no dia 9 de maio de 2010. Ele estava foragido e foi preso no dia 27 de março por investigadores da 2ª Delegacia de Contagem, durante a investigação do roubo de um veículo. Na data, o suspeito chegou a apresentar um documento falso na tentativa de escapar. Os outros três suspeitos foram abordados durante operação policial realizada no final de janeiro. 
 
Em junho de 2013, a vítima do grupo foi Daniel Costa, de 19 anos. O jovem foi atingido por 17 disparos, sendo três na nuca, no bairro Jardim Industrial. O crime ocorreu quando a vítima ia para a casa da namorada e ela não teve tempo de descer da moto que pilotava. A polícia ainda investiga a motivação do crime.
 
Já em setembro, os policiais descobriram o possível envolvimento dos presos em um triplo homicídio, que teve como vítimas Fabiano Lauar Passos, de 38 anos, o "Lauar", Leonardo Amaral Melo, de 33, o "Leo Relâmpago", e Rogério Oliveira de Jesus, de 37, o "Mussum". Eles foram executados em uma emboscada no bairro Industrial, perto da casa do chefe da quadrilha. Eles pretendiam oferecer um carro roubado ao suspeito. Um mês depois, em outubro, Edmilson Rosário da Silva, de 40 anos, foi morto com quatro tiros dentro de casa, no mesmo bairro. O crime teria sido motivado por desavenças entre a vítima e a quadrilha.
 
De acordo com o delegado Alex Machado, que coordenou as investigações, a equipe também apura se a quadrilha estaria usando adolescentes para atrair as vítimas até o local onde elas seriam mortas.
 
Guimarães está preso no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira, Silva no Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, Oliveira no Presídio Dutra Ladeira, também em Ribeirão das Neves, e Viana no Presídio de São Joaquim de Bicas 1.
 
Com informações PC e portal HD

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: