Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





segunda-feira, 31 de março de 2014

0 Rio - PF faz mais prisões e acha meia tonelada de droga na Maré

Matéria do jornal O Globo mostra o trabalho da Polícia Federal no processo de pacificação do Complexo da Maré, quase meia tonelada de maconha foi apreendida, veja:



Pela primeira vez no processo de pacificação, a Polícia Federal trabalhou ativamente no planejamento da operação para ocupar o Complexo da Maré, em parceria com as polícias Civil e Militar, e, só na manhã deste domingo, os agentes do órgão prenderam seis pessoas ligadas a uma das facções que controlam a venda de drogas na região. Entre os presos, estava a ex-namorada de Menor P, chefe do tráfico da Maré. O traficante já tinha sido preso pela PF na última quarta-feira, depois de ter sua rotina acompanhada por um ano e monitorada por um veículo aéreo não-tripulado (Vant). Todos os presos ontem eram investigados pela Operação Maioridade e estavam com a prisão preventiva decretada pela Justiça estadual.

Além da ex-namorada de Menor P, Daiane de Barros Rodrigues, de 24 anos, foram capturados um sargento da Polícia Militar e um ex-agente penitenciário. A ação dos agentes dentro da Marétambém deu resultados logo pela manhã. Após a ocupação do complexo de favelas, eles encontraram quase meia tonelada de maconha escondida em um bueiro atrás da Vila Olímpica da Maré. No local, também foram apreendidos uma submetralhadora, um cano de fuzil e vários carregadores. O material foi encaminhado para 21º DP (Bonsucesso).

Mulher fazia depósitos
De acordo com a PF, o 3º sargento da PM preso, cujo nome não foi divulgado, é lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia) e passava informações sobre possíveis operações policiais para a quadrilha da Maré. Já o ex-agente penitenciário Luciano Fagundes Pinheiro, de 35 anos, foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e também tinha a função de informar os criminosos sobre investigações policiais. Ele tinha a ajuda de um homem de 51 anos que foi preso em flagrante com 12 cartuchos de munição 9mm.

Já Daiana, ex-namorada de Menor P, foi presa em Niterói. Ela dormia na casa da prima, que comemorava o aniversário ontem. A PF apontou Daiane como a responsável pelos depósitos bancários do dinheiro que era usado para a compra de drogas, recebendo em troca presentes de alto valor, como carros e imóveis. Os outros dois detidos foram flagrados com drogas na favela Nova Holanda.

O chefe da Superintendência da PF no Rio, Roberto Cordeiro, ressaltou que as prisões realizadas ontem e a apreensão de drogas só foram possíveis graças à ocupação do território.
— Foi a Operação Maioridade, deflagrada pela Polícia Federal, que levou à prisão do Menor P e permitiu a localização de alguns dos traficantes que fazem parte da facção. Todos têm, de alguma forma, ligação com a quadrilha que era chefiada por ele — disse Cordeiro. — O importante é que esse desdobramento foi possível graças à ocupação do território pelas forças de segurança do estado.

Plantão com Jornal O Globo

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: