Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





domingo, 16 de março de 2014

0 Carreata pela legalização de carros rebaixados termina em blitz surpresa na capital

Motoristas de cerca de 200 carros rebaixados fizeram no sábado um “rolezinho” pela cidade, protestando a favor da legalização desse tipo de veículo em Belo Horizonte. No entanto, a carreata, organizada nas redes sociais, terminou com uma blitz surpresa, com cerca de 10 militares do Batalhão de Trânsito, na subida da Praça do Papa – destino final do movimento. Documentos de pelo menos 10 motoristas foram apreendidos e multas foram aplicadas. O restante dos condutores, com medo da punição, desceu de ré a Avenida Agulhas Negras para fugir do bloqueio.

Quando os primeiros carros foram parados pela blitz, os demais estacionaram mais abaixo da avenida para tentar escapar da punição De acordo com o tenente Pires, do Batalhão de Trânsito, não é ilegal rebaixar o carro, porém, é preciso um certificado do Departamento de Trânsito do Estado de Minas Gerais (Detran/MG) que comprove não haver riscos ao veículo. “Não portar esse documento é infração grave, prevista na Legislação de Trânsito, e custa cinco pontos na carteira de habilitação. Os demais documentos são apreendidos e o condutor é multado”, explicou.

Motoristas de cerca de 200 carros rebaixados fizeram no sábado um “rolezinho” pela cidade, protestando a favor da legalização desse tipo de veículo em Belo Horizonte. No entanto, a carreata, organizada nas redes sociais, terminou com uma blitz surpresa, com cerca de 10 militares do Batalhão de Trânsito, na subida da Praça do Papa – destino final do movimento. Documentos de pelo menos 10 motoristas foram apreendidos e multas foram aplicadas. O restante dos condutores, com medo da punição, desceu de ré a Avenida Agulhas Negras para fugir do bloqueio.  Quando os primeiros carros foram parados pela blitz, os demais estacionaram mais abaixo da avenida para tentar escapar da punição De acordo com o tenente Pires, do Batalhão de Trânsito, não é ilegal rebaixar o carro, porém, é preciso um certificado do Departamento de Trânsito do Estado de Minas Gerais (Detran/MG) que comprove não haver riscos ao veículo. “Não portar esse documento é infração grave, prevista na Legislação de Trânsito, e custa cinco pontos na carteira de habilitação. Os demais documentos são apreendidos e o condutor é multado”, explicou.
Foto: Portal EM



A lei e os rebaixados

A Resolução 262 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que entrou em vigor, em 2008, permite que carros de passeio circulem com a suspensão rebaixada ou elevada, desde que ela não seja regulável. Até então, apenas veículos utilitários podiam ter a suspensão alterada. Para isso, o proprietário deverá pedir uma autorização ao Detran antes de fazer a modificação e, em seguida, submeter o carro à avaliação de um dos institutos técnicos credenciados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), que por sua vez emitirá um Certificado de Segurança Veicular.
Em Belo Horizonte, o Detran conta com oito empresas credenciadas para realizar esse tipo de inspeção. A resolução exige ainda que a nova altura do carro seja especificada no documento. Os motoristas que usarem a suspensão modificada ou erguida irregularmente estão sujeitos a multa de R$ 127,69, além de ter, em alguns casos, veículo e documentos apreendidos.


Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: