Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





quinta-feira, 6 de março de 2014

0 Balanço da PRF nas rodovias federais durante o carnaval

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta quinta-feira, em uma entrevista coletiva divulgou o balanço de acidentes registrados nas rodovias federais, durante o feriado prolongado de carnaval.

Vinte e quatro pessoas morreram durante o feriado prolongado de carnaval em acidentes registrados nas rodovias federais que cortam Minas. Entre a 0h da última sexta-feira e a 0h desta quinta, foram registrados 547 acidentes, que deixaram 338 feridos e 24 mortos. Sábado foi o dia mais violento, com 216 acidentes, 130 feridos e 15 mortes. Sábado foi o dia mais violento, com 216 acidentes, 130 feridos e 15 mortes. 

Um dos casos mais graves aconteceu em Indianópolis, no Triângulo Mineiro, onde quatro pessoas morreram na batida de um carro e um micro-ônibus no km 587 da BR-365. O veículo de passeio rodou na pista e foi atingido pelo coletivo. Seis pessoas morreram no domingo. Não houve nenhum acidente com vítimas fatais na sexta-feira, terça e na Quarta-Feira de Cinzas.

Segundo os dados, embora tenha registrado um maior número de acidentes, Mina reduziu o número de mortes em relação ao carnaval passando. Em 2013, aconteceram 439 acidentes durante o carnaval, deixando um saldo de 347 feridos e 29 mortes.

Durante o feriado, foram feitos 12.339 testes do bafômetro, que levaram à prisão de 30 pessoas que apresentaram índice superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Cerca de 35 mil imagens por excesso de velocidade foram geradas pelos 26 radares da PRF em Minas Gerais. As informações sobre os acidentes nas rodovias estaduais deve ser divulgado pela Polícia Rodoviária Estadual ainda nesta tarde. 

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: