Plantão Policial MG

Seu site de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais.

Rede Gerais





segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

0 UBERABA - Acusados de roubo a prostíbulo são presos





Dois jovens acusados de praticar roubo em casa de prostituição em Uberaba foram detidos por policiais militares no bairro Abadia. O crime aconteceu em um imóvel no bairro São Benedito, quando, segundo informações da Polícia Militar, as vítimas estavam no local e foram surpreendidas por dois bandidos armados. Os criminosos  foram até a cozinha da casa, renderam um aposentado de 70 anos e exigiram o dinheiro.


Nesse momento, a vítima tirou sua carteira, mas uma garota de programa gritou que o dinheiro estava escondido embaixo do sofá, sendo que os acusados pegaram a quantia de R$ 3,4 mil em dinheiro. Eles ainda ordenaram que todos fossem para os quartos da casa e roubaram mais R$ 250,00 de uma mulher de 68 anos. Em seguida, os bandidos agrediram o aposentado e um jovem de 25 anos com coronhadas e fugiram em um veículo Volkswagen Gol, que tinha como cobertura dois acusados em uma motocicleta Yamaha XT de cor preta. 

Várias viaturas realizaram rastreamentos e policiais do Grupo Especializado em Motopatrulhamento Ostensivo Rápido (Gepmor) avistaram três suspeitos em um veículo Volkswagen Gol de cor vermelha, com placa de Uberaba, na avenida Prudente de Morais. Os policiais abordaram os suspeitos, que foram identificados como A.L.M., 20 anos, e P.R.M., 24 anos. Os militares realizaram buscas nos acusados e encontraram a quantia de R$ 3,4 mil em dinheiro com A., e mais R$ 300,00 com P.

Eles foram reconhecidos pela vítima do roubo, presos em flagrante, levados para a delegacia e apresentados ao delegado de plantão, que ratificou o flagrante. Na manhã de ontem, os acusados foram encaminhados para a penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira. 

Plantão com Jornal de Uberaba

Sobre o autor:

Site Dedicado aos profissionais de Segurança Pública
Previous Page Next Page Home

Regras Comentário: Não serão aceitos comentários que contenham palavrões, ofensas pessoais ou expressões que tenham por intuito ridicularizar outros leitores

0 comentários: